Um pendão Real – 289

Ao ensejo dos 140 anos de nosso amado Hinário, publicamos uma curiosidade ligada a um de seus hinos.

Trata-se do hino 289 “Um pendão Real”, de autoria de Daniel Webster Whittle, cuja filha Mary Whittle Moody casou-se com o filho de Moody, hino esse que foi traduzido e adaptado por Henry Maxwell Whight, para ser cantado na inauguração da Associação Cristã de Moços, a primeira da América do Sul, ocorrida no dia 4 de julho de 1893 no escritório da Sociedade Bíblica Americana, à Rua Sete de Setembro, 79 – 2º andar –Rio de Janeiro, com a presença de 71 fundadores.

A cerimonia teve inicio com este hino que durante algum tempo foi o hino oficial das Associações Cristã de Moços no Brasil. Ao ser organizada, incluía entre as suas atividades aulas bíblicas semanais e conferências evangelísticas aos domingos, nas quais se cantavam hinos, sendo que na primeira década do sev. XX o hinário adotado era Salmos e Hinos.

(Dados extraidos de “Salmos e Hinos” sua origem e desenvolvimento da autoria da Prof. Henriqueta Rosa Fernandes Braga (1909-1983)

Nota do Redator:

Foi na Associação Cristã de Moços, na Rua Nestor Pestana, São Paulo – Capital, que por volta de 1968 conheci o querido irmão Gavin Aitken.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *